Mitos e factos sobre os piolhos

Os piolhos afetam muitas crianças e são um motivo de preocupação no regresso às aulas.

De facto, a pediculose é uma das parasitoses mais comuns no ser humano e afeta milhões de pessoas em todo o mundo, principalmente as crianças em idade escolar e sobretudo meninas.

No entanto, existem muitos mitos sobre este tema, pelo que é importante esclarecer algumas ideias:

Os piolhos saltam de umas cabeças para as outras. - MITO

O piolho não tem asas nem patas com capacidade para saltar, por isso não voa nem salta.

As pessoas com o cabelo sujo são mais afetadas por piolhos. - MITO

A falta de higiene não está relacionada com a proliferação dos piolhos.

Os piolhos são mais comuns em países pobres. – MITO

A pediculose existe há milhares de anos em todas as partes do mundo.

A anemia pode ser um dos sintomas da pediculose. - FACTO

Uma infestação muito intensa pode causar anemia, porque o parasita se alimenta de sangue.

Compartilhar pentes, elásticos, chapéus, fitas e bandoletes facilita a transmissão. - FACTO

A partilha de acessórios para a cabeça é a principal forma de contágio.

Qualquer pessoa pode ter piolhos. - FACTO

Os piolhos podem afetar crianças, adultos e idosos.

Share this post

Related products

Comments (0)

No comments at this moment