CUIDADO ÍNTIMO DA GRÁVIDA BY CUMLAUDE LAB

A gravidez é uma etapa em que ocorrem muitas alterações na vida e no corpo da mulher.

As alterações hormonais que se fazem sentir durante a gravidez provocam uma maior suscetibilidade das mulheres ao desenvolvimento de infeções vaginais, pelo que é extremamente importante a higiene e cuidado da zona íntima durante este período.

Efetivamente, durante a gravidez, ocorrem algumas alterações vaginais, devido a um aumento na produção de estrogénio, pelo que o pH vaginal nas mulheres grávidas se torna mais ácido, o que pode aumentar o risco de desenvolvimento de infeções, como a candidíase.

Higiene

Assim, devem escolher-se produtos específicos, que respeitem o pH mais ácido e garantam uma higiene eficaz, sem agredir as mucosas da zona íntima. Pode, até, recorrer-se a produtos com ação antisséptica, principalmente em situações em que exista maior risco para o desenvolvimento de infeções.

Além do uso de cuidados de higiene íntima específicos, que devem ser utilizados uma a duas vezes por dia, existem outros cuidados de higiene que todas as mulheres devem ter e que também é importante não esquecer:

·        Realizar a limpeza sempre no sentido da frente para trás, pois o movimento contrário pode transportar bactérias do ânus para a vagina

·        Evitar duches vaginais

·        Trocar a roupa interior todos os dias

·        Utilizar roupa interior de algodão

·        Evitar permanecer muito tempo com o biquíni molhado

Hidratação

Do mesmo modo, é, também, importante manter a hidratação vulvo-vaginal regular, por forma a manter a mucosa protegida das agressões externas.

Lubrificação

Outro sintoma que as mulheres podem apresentar durante a gravidez é a dispareunia, ou seja, dor nas relações sexuais. Esta situação pode ocorrer devido a secura vaginal, pelo que se deve manter a hidratação vaginal e, também, utilizar lubrificantes durante a relação sexual, por forma a reduzir o desconforto.

No entanto, se apresentar sintomas como ardor, prurido, alterações no corrimento e desconforto, consulte o seu médico ou farmacêutico.

 

Fontes:

Soong D, Einarson A. Vaginal yeast infections during pregnancy. Can Fam Physician. 2009;55(3):255-256.

Bagga, R., & Arora, P. (2020). Genital Micro-Organisms in Pregnancy. Frontiers in public health, 8, 225.

 

Share this post

Comments (0)

No comments at this moment