Como controlar a transpiração?

A transpiração ajuda na regulação da temperatura corporal.

Existem cerca de 3 milhões de glândulas sudoríparas espalhadas por toda a pele, com excepção dos lábios e glande do pénis.

Estas estruturas encontram-se na derme e assumem um aspeto de novelos de fio, cujo ducto excretor conduz à superfície da pele e são particularmente abundantes nos pés, mãos e axilas,  estando mais desenvolvidas nos desportistas do que nas pessoas que não praticam desporto.

Em condições normais produzem 100 a 200 ml de suor por dia e podem ser ativadas por calor, stress, excesso de peso, prazer, outras sensações.

Quando a transpiração é excessiva, denomina-se hiperidrose e pode ser um grande problema para as pessoas que vivem com isso.

A transpiração intensa nas mãos e nos pés, por exemplo, pode dificultar tarefas simples do dia a dia e, por outro lado, o odor desagradável do suor pode colocar as pessoas em situações constrangedoras.

Apesar do suor ser inodoro, em contacto com as bactérias presentes na pele adquire um odor desagradável, pelo que toda a gente quer evitar que isto aconteça.

Desta forma, para evitar a transpiração e o odor desagradável, devem usar-se antitranspirantes e desodorizantes, que controlem a transpiração e o cheiro.

Os antitranspirantes contêm cloreto de alumínio, capaz de estreitar os ductos das glândulas sudoríparas, no entanto a sua utilização tem sido alvo de grande controvérsia, com indícios de que ele possa estar na origem de outros problemas. 

No entanto, uma barreira cutânea intacta, à partida, impede a absorção do alumínio em quantidades consideráveis. Por outro lado, sendo o alumínio um elemento abundante na crosta terrestre, ingerimo-lo diariamente através de alimentos ou da água, estando também presente em medicamentos, por exemplo antiácidos.

Por outro lado, os desodorizantes controlam o odor da transpiração, impedindo o mau cheiro.

Em casos de hiperidrose severa, pode ser interessante recorrer a tratamentos mais específicos, como por exemplo as injeções de toxina botulínica, que tenha uma ação mais intensa na diminuição da transpiração.

No entanto, a hiperidrose pode ser um sintoma de outras doenças, como da glândula tiróide ou diabetes, pelo que numa situação destas, deve tentar perceber com o seu médico se não se trata de outro problema.

Nesta situação a PARA-FARMA sugere:

AKILEINE AK CREME MICO ANTI-TRANSP 50ML – Creme anti-transpirante mico-preventivo, para transpiração intensa. Indicado para pele sensível (ex: pé diabético).

MARTIDERM DRIOSEC DERMOPROTECT ROLL ON - Desodorizante e antitranspirante. Deixa a pele suave, hidratada e fresca, sem manchar.

URIAGE DESODORIZANTE FORTE 50ML – Desodorizante anti-manchas brancas, anti-manchas amarelas, anti-efeito de endurecimento na roupa. Atua na transpiração durante 24 horas. Os sais de alumínio regulam a transpiração.

AVENE BODY DEO ROLL ON 24H EFICACIA 50ML - Desodorizante protetor diário em roll-on para as axilas sensíveis e irritadas.

Share this post

Comments (0)

No comments at this moment