A indesejada celulite

A celulite, também chamada “casca de laranja”, é um problema que afeta a maioria das mulheres e constitui uma grande preocupação quando chega a altura de pensar nos biquínis que vamos querer usar quando formos para a praia.

Consiste numa acumulação de gordura na hipoderme (a camada mais profunda da pele) - nos adipócitos - e ocorre sobretudo nas pernas e nádegas.

São várias as causas que contribuem para o seu aparecimento:

Alimentação desequilibrada - as células de gordura aumentam devido a um aumento da ingestão de calorias;

Má circulação sanguínea - distúrbios circulatórios como as pernas pesadas ou as varizes favorecem o aparecimento de pele de laranja;

Alterações hormonais - a puberdade, gravidez e a toma de contracetivos orais podem levar a um aumento dos níveis de estrogénios e, consequentemente, a retenção de líquidos, que favorece a celulite;

Sedentarismo ou falta de exercício regular - favorecem a acumulação de gordura e, consequentemente celulite;

Os fatores genéticos também têm a sua quota parte no aparecimento da celulite;

O género – As mulheres são mais afetadas pela celulite porque o seu corpo da está preparado para a gravidez, e para recorrer às reservas de energia, de forma fácil. Assim, os adipócitos subcutâneos estão organizados em lóbulos que se encontram separados por septos de tecido fibroso, estando estes organizados de uma forma vertical e paralela - com os septos orientados perpendicularmente em relação à pele - pelo que, quando há um aumento de volume dos adipócitos, estes pressionam mais facilmente a derme, resultando numa alteração à superfície, com um aspeto ondulado. Já nos homens, os septos fibrosos estão orientados numa forma diagonal, o que leva a uma disposição tipo losango e, por isso, mesmo aumentando de volume, fica tudo mais compacto e esticado, não ocorrendo esta alteração de relevo.  

Podemos considerar diferentes estadios de celulite:  

Celulite adiposa– É necessário pinçar a pele para haver deformação em casca de laranja;

Celulite edematosa – Nota-se a deformação em casca de laranja, quando em pé e ao pinçar a pele. Normalmente está associada à retenção de líquidos;

Celulite fibrosa – A deformação em casca de laranja nota-se, quer deitada, quer em pé e a palpação revela nódulos de consistência dura que podem ser dolorosos.

Apesar deste problema ser difícil de tratar, há alguns conselhos que podem ajudar reduzi-lo:

Praticar exercício físico regularmente, para ativar a circulação sanguínea e o metabolismo das células de gordura, aumentando também o tónus muscular e reduzindo a flacidez;

Evitar o uso de roupa apertada, pois pode comprometer a microcirculação;

Manter uma dieta equilibrada, rica em alimentos antioxidante e com uma redução do consumo do sal, ajudando a controlar a acumulação de gordura, bem como a retenção de líquidos;

Beber muita água;

Aplicar produtos específicos para a redução da celulite, com a realização de uma massagem para ajudar a promover a drenagem linfática e reduzir a acumulação de líquidos no tecido adiposo.  Não esquecer, também, da utilização de- esfoliantes, que, não só vão ajudar a manter a pele saudável, como também vão permitir uma maior penetração dos produtos.

Para esta situação, a PARA-FARMA sugere:

ESTHEDERM INTENSIVE GLAUSCINE SÉRUM - Específico para celulite aquosa ou edematosa.

ESTHEDERM INTENSIVE GLAUSCINE CREME - Específico para celulite fibrosa ou incrustada

ESTHEDERM MORPHO FITNESS SÉRUM - Sérum para aplicação localizada que reproduz os efeitos da atividade física e impede que a gordura seja armazenada novamente, mantendo os seus resultados durante mais tempo.

ESTHEDERM GOMMAGE DOUX D'EAU CELLULAIRE - Cuidado esfoliante de corpo que garante uma esfoliação poderosa mas suave para qualquer tipo de pele. Uma pele radiante, com um toque mais suave, desintoxicada e purificada.

Share this post

Related products

Comments (0)

No comments at this moment